Image
Voltar ao topo
Exibir menu
15 de maio de 2014

O que esperar da próxima – e talvez última – temporada de Revenge?

Revenge é uma das poucas séries com a capacidade de deixar qualquer um perplexo. Com o final da 3ª temporada, o que o futuro nos guarda?

Detesto assistir a um episódio com a certeza de como ele vai terminar. Deve ser por isso que Revenge chega ao fim de sua terceira temporada me deixando feliz, triste, embasbacada e, claro, contando os dias para saber os próximos passos de Emily Thorne (Emily VanCamp).

Alerta de spoiler – não ultrapasse essa linha se não quiser saber mais sobre o episódio 3×22.

Se tem uma coisa que sempre me lembra de que essa série não é na verdade um reality show (às vezes eu gosto de pensar que sim) é que o poder de prever o futuro da senhorita Thorne extrapola qualquer limite aceitável e a sua capacidade de planejamento é de invejar meros mortais. Falo isso, porque no episódio 21 passei uns bons minutos pensando na estratégia muito bem calculada de soltar a Charlotte (Christa B. Allen), e eu fiquei incomodada com tanta astúcia.

E a dose dessa perspicácia foi ainda maior em um dos momentos mais tensos do season finale: virar o jogo em pleno cemitério e internar Victoria em um manicômio (lugar que eu espero que tenha bastante espaço, pois o que tem de gente apta para mudar para lá naquele Hamptons). Pelos comentários de revolta que acompanhei no Twitter, o #TeamAiden é bem grande. Não sei se vocês também concordam, mas depois de sua morte IN-FA-ME, ficou muito fácil apoiar Emily e desejar que Victoria (Madeleine Stowe) sofra por um bom tempo para o resto da vida também serve (e olha que antes disso eu conseguia defendê-la).

Carrego três expectativas principais para a próxima temporada:

1. Emily e Jack (Nick Wechsler) vão viver o tal do felizes para sempre? Penso nisso desde o início da série. Lembro até hoje de chorar a morte do Sammy e acreditar que o destino dos dois realmente é casar e ter outro cachorro.

2. Querido David Clark (James Tupper), eu, Emily e o mundo queremos uma boa explicação. De preferência sem teorias complexas de conspiração porque já passamos dessa fase.

3. Que seja a última. A terceira temporada passou por mais baixos do que altos, principalmente no início. Alguém acha que essa temática de vingança suporta 5, 6 temporadas? Acho difícil. Mas enquanto isso, vou aguardar setembro traindo Revenge com True Detective.

E vocês, também estão com as mesmas expectativas? Gostaram do último episódio ou acham que essa série já rendeu mais do que deveria? Já sabem o que vão assistir enquanto setembro não chega? Indiquem nos comentários para eu ver também.

/ Para continuar a discussão:
A volta dos mortos-vivos

Tem mais gente que ficou pouco satisfeita com essa volta dos mortos-vivos.

Uma reviravolta, inúmeras possibilidades

Sunil Nayar, produtor executivo da série, conta em entrevista que essa reviravolta é uma fonte de novas possibilidades.

Deixe Revenge no repeat com os DVDs da série!

Revenge

A saga de Emily Thorne bem pertinho de você pra assistir quando quiser. Colecione os DVDs de Revenge, clicando aqui!

/ Gostou deste post? Então experimente nossa newsletter semanal. Assine nossa newsletter.

/

Nasceu publicitária, mas se formou jornalista. Só não escreve mais do que fala, e como fala! Não para quieta um minuto, a não ser para assistir à uma de suas 40 séries preferidas.

/CultPopShow © 2008-2014. Todos os direitos reservados.   |   Agência WCK