Image
Voltar ao topo
Exibir menu
24 de janeiro de 2014

Juventude, internet e regras sociais nas colagens de Peter de Potter

A relação da juventude com a internet, a maneira como nos comunicamos e o impacto gerado em nossas vidas, além de valores impostos pela sociedade nas colagens de Peter de Potter.

Peter de Potter

Routine Routine

O artista Peter de Potter é mais um dos filhos da icônica Royal Academy of Fine Arts, na Antuérpia, Bélgica. Já falamos um pouco sobre a importância da escola para a moda belga e internacional aqui. Para quem não sabe, ela formou grandes nomes como Dries Van Noten, Ann Demeulemeester, Martin Margiela e outros. E, apesar da RAFA ter um departamento de moda bem conhecido, também possui um seguimento em arte que revela artistas promissores, e Peter de Potter é um deles.

Na verdade, Peter está em atividade há algum tempo, desde 1996 precisamente, quando começou a escrever para as revistas i-D e Weekend Knack. Além da paixão pela escrita, ele se envolveu em diversos outros projetos e tornou-se curador, fotógrafo e artista especializado em colagens e técnicas digitais. Entre seus trabalhos, vale citar a colaboração com Raf Simons no livro The Fourth Sex, uma coleção bem curada sobre como a a juventude aborda o sexo e como esse diálogo é encarado pela sociedade.

Adepto da internet como meio para divulgar sua arte, Peter de Potter acredita que este é o caminho mais óbvio e comum a seguir, uma vez que ela retrata bastante a relação humana com os meios digitais, a maneira como nos comunicamos e o impacto gerado em nossas vidas. Outra característica marcante é o uso de homens para estampar diversas situações, mas não são obras sobre a masculinidade, pelo contrário, Potter procura universalizar o conceito por trás de cada uma delas. Por falar nisso, Potter tem um olhar curioso sobre a internet:

Eu poderia facilmente fazer 20 livros chocantes com o que eu já vi na internet – e não estou falando sobre pornografia, estou falando sobre redes sociais”.

O artista já publicou três séries online, sendo a última Angelic Upstarts, que é basicamente uma crítica aos valores impostos pela sociedade e à internet. Mais de 50 imagens hospedadas num tumblr, funcionam como uma metacrítica (internet falando da internet), expõem anônimos carregando esses valores, alguns com muito orgulho, outros com ressentimento e tristeza. No primeiro contato, a série provoca emoções variadas e particulares (depois diga o que sentiu ali nos comentários). A compilação é resultado de um longo processo de pesquisa online e coleta de imagens, seja de perfis das redes sociais ou blogs e sites aleatórios.

Para saber mais sobre a obra de Peter de Potter, acesse o site. E abaixo as séries online:

Routine Routine

I am an image machine

Angelic Upstarts

/ Gostou deste post? Então experimente nossa newsletter semanal. Assine nossa newsletter.

/

Criador do @cultpopshow, amante de cultura pop e boas conversas. Faminto por novas ideias e fascinado pela história da juventude. Ama ler, escrever, ouvir músicas e assistir a séries de TV.

  • Vinícius Silvestre

    um belo tapa na cara

/CultPopShow © 2008-2014. Todos os direitos reservados.   |   Agência WCK