Image
Voltar ao topo
Exibir menu
8 de junho de 2010

6 Momentos de Alexander McQueen

Lee Alexander McQueen tornou-se lenda não só por suas criações, mas também por seus desfiles, que muito pareciam espetáculos.

Lee Alexander McQueen veio ao mundo em 1969 para virar lenda, mesmo sem saber. Não só os desfiles, que mais pareciam espetáculos, mas também a capacidade insana de quebrar paradigmas através da inovação são frutos de uma mente visionária e cheia de talento. O criativo estilista deixou um legado importante na moda, sem dúvida alguma. Em sua memória, listamos 6 momentos importantes de sua carreira. Momentos que podem ser vistos como contribuições.

1. As inspirações

Morte, religião, tristeza, violência, todas estavam presentes nas coleções de Alexander McQueen. O estilista aprendeu a canalizar suas frustrações e visão do mundo (a maioria das vezes bem controversa) nas roupas. Tudo resultou em shows chocantes e vanguardistas. Para ele, roupas eram apenas roupas, mas a moda o ajudou a levar uma vida menos dramática.

Alexander McQueen Desfiles Inspirações

2. Calças de cintura extremamente baixa (The “Bumster” Trousers)

Antes de 1994, o mundo conhecia e usava apenas calças de cintura alta ou não tão baixa. Alexander McQueen deu luz às calças de cintura baixa, mas tão baixas que chegavam a mostrar parte das nádegas, algo que inovou na moda, mas escandalizou os mais conservadores. A partir daquela primavera, um novo hit fashion surgiu. O termo “bumster” é um trocadilho com a palavra “bum”, que significa “traseiro” em inglês. Ele não queria uma moda frívola, queria uma moda diferente.

Alexander McQueen Bumster Trousers

3. O masculino de McQueen

Esqueça todo o exagero e frou-frou que a maioria dos estilistas gays mostra em suas coleções. Apesar de sua orientação sexual, Alexander McQueen tinha uma visão mais firme para criar o masculino de sua grife. Figuras do punk ou do rock representavam o seu homem e, às vezes, voltava a um passado mais distante resgatando estilos clássicos, como o dândi, vitoriano e gângster, só que com uma abordagem bem mais peculiar. Lee deu vida a um homem moderno, à frente de seu tempo, conceitual, mas ainda assim, masculino.

Alexander McQueen Masculino

4. Os desfiles teatrais

Verdadeiros shows, seus desfiles eram simplesmente fascinantes. Eles repercutiam de forma inigualável, até a imprensa que não cobria moda falava sobre. Às vezes chovia, às vezes tinha fogo, às vezes as modelos andavam sobre a água, e outra vez, uma mulher de tamanho GG nua em meio a uma chuva de mariposas vivas. Sem falar das locações, que no inicio eram quase sempre em lugares improváveis, como estações de ônibus abandonadas, estúdios cinematográficos degradados, entre outros. McQ se preocupava com cada detalhe, de artista absurdo que era.

Alexander McQueen desfiles teatrais

5. Peças-desejo

Após ser eleito o estilista mais cool do mundo em 2003, suas roupas se tornaram fetiches e as mais cobiçadas. Algumas de suas maiores invenções foram os sapatos de lagosta pré-histórica, usados em “Bad Romance” por Lady Gaga, e seu vestido escamado de inspiração medieval. Apesar do teatro nas passarelas, quando chegavam às lojas, as roupas eram super usáveis e ele fez com que a alfaiataria feminina fosse legal novamente, num modo britânico.

Alexander McQueen Peças Desejo

6. A alfaiataria impecável

Como McQueen começou a carreira na Savile Row, rua londrina famosa por ser o centro da alfaiataria, logo faz muito sentido ele ser considerado um mestre no assunto. A sua base no berço da alfaiataria lhe rendeu o título de especialista, de corte e acabamento impecáveis. Durante o período na Savile Row, o estilista chegou a criar um terno para o príncipe Charles, inclusive.

Alexander McQueen alfaiataria

Pra saber mais:

A Diretora Criativa da Alexander McQueen, Sarah Burton, a qual assumiu a grife após a morte do estilista, explica para a Dazed & Confused o porquê o nome não é apenas uma marca, é uma religião.

E pra você: Alexander McQueen também é religião?

Jogue aqui o que você pensa. Vídeos e imagens são permitidos. Feel free!

/ Gostou deste post? Então experimente nossa newsletter semanal. Assine nossa newsletter.

/

Criador do @cultpopshow, amante de cultura pop e boas conversas. Faminto por novas ideias e fascinado pela história da juventude. Ama ler, escrever, ouvir músicas e assistir a séries de TV.

  • http://facebook.com/lantojeans Jeans

    Amém McQueen

/CultPopShow © 2008-2014. Todos os direitos reservados.   |   Agência WCK